5 dicas de e-mail marketing para corretores de imóveis

5 dicas de e-mail marketing para corretores de imóveis

Quem atua no mercado de imóveis precisa conhecer as boas estratégias de e-mail marketing para corretores, afinal, nos dias de hoje, usar a internet com o objetivo de incrementar as vendas é uma atitude inteligente.

Mas fazer marketing imobiliário não é simplesmente disparar mensagens com propagandas aleatórias. Esta prática é pouco eficaz e pode ser considerada spam, o que é péssimo para a reputação de qualquer profissional.

Por este motivo, vamos conhecer as melhores dicas de e-mail marketing para corretores de imóveis. Ao final da leitura, você estará mais preparado para montar uma boa estratégia utilizando esta ferramenta e, assim, conquistar bons resultados.

1. Defina o seu público-alvo e segmente

Iniciar qualquer ação de marketing sem um público-alvo definido é perda de tempo. Portanto, estabeleça com clareza os perfis que deseja alcançar: eles são de baixa, média ou alta renda? Estão em qual área da região? Que tipo de conteúdo é interessante?

Não é necessário ter apenas um público-alvo, mas é importante segmentá-lo. Desta forma, você conseguirá enviar diferentes tipos de mensagens a cada grupo.

Também é interessante identificar em qual dos três estágios do funil de vendas eles se encontram:

  • atração: quando o cliente descobre que tem um problema;
  • consideração: quando entende que precisa fazer algo a fim de acabar com o problema; e
  • decisão: quando ele compara as opções do mercado e escolhe uma delas.

Desse modo, você consegue direcionar o conteúdo a cada etapa da jornada do cliente.

2. Preste bastante atenção à linguagem

Cometer erros de português prejudica a sua reputação e passa ao interlocutor a impressão de falta de profissionalismo. Tudo o que você não quer, não é mesmo?

Portanto, a dica de ouro nesse caso é: revise, revise e revise outra vez. Se possível, peça a colaboração de terceiros.

Por outro lado, a linguagem não é apenas escrita. A comunicação visual, que inclui as cores, a tipografia e as imagens utilizadas, precisa estar adequada com o seu posicionamento profissional e com o que os seus potenciais clientes esperam.

3. Adote uma postura pessoal

O corretor de imóveis é, de forma geral, um profissional cuja proximidade com o cliente é notável. Sendo assim, mantenha uma linguagem pessoal nas suas comunicações — sempre de forma profissional.

As melhores ferramentas de e-mail marketing para corretores permitem adicionar o nome de cada destinatário na mensagem. Este é o primeiro passo para dar pessoalidade ao conteúdo, ao criar a impressão de que ele foi enviado especialmente àquela pessoa.

Por fim, esteja disponível para atender a eventuais respostas dos seus destinatários. Esse é um dos momentos em que se inicia uma grande possibilidade de negócio.

4. Seja relevante — não faça apenas propaganda!

Se você usar o e-mail marketing para corretores apenas para enviar anúncios, provavelmente os destinatários logo adicionarão o seu endereço à lista de spam. Não cometa esse erro.

Seja relevante entregando conteúdos de qualidade e que realmente façam a diferença. Entre as boas sugestões estão:

  • dicas sobre como escolher bons imóveis;
  • sugestões de decoração;
  • curiosidades sobre os bairros da cidade;
  • explicações sobre financiamento imobiliário.

O corretor pode, sim, enviar ofertas de imóveis, afinal de contas o objetivo é concretizar uma venda. Mas essas ofertas precisam ser segmentadas e condizentes com o perfil dos clientes imobiliários.

5. Monitore os resultados

Acompanhar as métricas que são oferecidas pelos serviços de e-mail marketing para corretores, tem como propósito reforçar as boas estratégias e fazer as correções necessárias.

Quatro importantes métricas que devem ser verificadas:

  • taxa de abertura: a quantidade de pessoas que abriram a sua mensagem;
  • taxa de cliques: quantas pessoas clicaram nos conteúdos enviados;
  • descadastramentos: a quantidade de destinatários que pediram para não receber mais e-mails;
  • taxa de resposta: quantas pessoas responderam às mensagens (desde que você tenha sugerido o retorno).

Para finalizar, uma dica final: quando estiver elaborando sua estratégia, coloque-se na posição dos seus destinatários. Que tipo de conteúdo você gostaria de receber se fosse um potencial cliente? Quando fazemos isso, a tendência é que as mensagens sejam mais relevantes e, como consequência, alcancem resultados melhores.

Dica extra

O contato com o cliente através das redes sociais é uma forma de criar o seu marketing pessoal. Por isso, é fundamental que você trabalhe a sua imagem como corretor, sem se prender às imobiliárias ou construtoras.

Nas redes sociais, trabalhe apenas o seu nome e a sua proposta. Isso facilitará as vendas caso você troque de imobiliária ou decida se tornar um corretor autônomo. Afinal, você já é a sua própria marca, e precisa ser bem trabalhada e nutrida para continuar dando frutos.

O que achou das nossas dicas de e-mail marketing para corretores? Você já usa essa ferramenta para conquistar novos clientes? Fale conosco nos comentários!

Receba tudo no seu email! Prometemos não enviar spam!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *