5 dicas para lidar com a nova geração de clientes: a geração Millennials

5 dicas para lidar com a nova geração de clientes: a geração Millennials

A geração millennials, como são chamadas as pessoas nascidas entre a década de 80 até meados da década de 90, trouxe consigo uma nova forma de relação entre as empresas e sua clientela. Essa geração busca a experiência nas coisas — e não a coisa em seu fim.

Isso significa que o produto é importante, mas a experiência que a marca oferece é uma das peças fundamentais para os millennials. Assim, novos desafios surgem para atender a essa demanda.

Pensando nisso, e considerando o trabalho de corretor, separamos 5 dicas de relacionamento para que você possa ser bem-sucedido no contato com a geração millennials. Confira!

1. Interaja através das redes sociais

Provavelmente você já deve ter escutado alguém falando sobre o SAC 2.0. Esse é um novo modelo de atendimento ao cliente. O SAC 2.0, diferente do antigo SAC que tinha por objetivo apenas atender o consumidor, tem como sua base a interação. Isso significa permitir uma conversa bilateral, em que as duas partes possam interagir livremente.

Dessa forma, o atendimento precisa ser pautado no princípio da interação. Ele pode — e deve! — acontecer nas redes sociais, onde todos os clientes podem entrar em contato com você da forma que preferirem. Lembre-se que 90% da geração millennials está nas mídias sociais.

2. Mantenha uma movimentação constante

A geração millennials está em constante movimento. 56% das pessoas dessa geração utilizam diariamente as redes sociais, o que acarreta em um número relevante de buscas, mensagens e comentários que podem ser aproveitados por você.

É importante atentar-se, nesse caso, à velocidade de resposta. De nada adianta ter um WhatsApp, uma página no Facebook ou um e-mail para contato se você demora a responder as mensagens.

Essa geração vive no período da velocidade, eles querem que a interação seja feita instantaneamente.

3. Faça com que a experiência seja a mesma em todos os canais

Além de quererem vários canais para entrar em contato com você, os millennials esperam receber o mesmo atendimento em todos eles. Ou seja, essa geração quer uma conversa menos formal, instantânea e objetiva — além de uma experiência única — em todas as formas de contato entre cliente e empresa.

Logo, alguém, como o corretor, que entra em contato com essa geração precisa estar atento a todo momento para cumprir as expectativas do cliente. Aqui vale salientar que quem criou um modelo de atendimento foi o profissional, ou seja, ele deve manter o que foi criado.

4. Crie um pós-venda focado na experiência

O atendimento ao cliente foi sempre cortês, o contato foi feito de imediato sempre que necessário e as formalidades foram deixadas para os contratos e afins. Mas o que vem depois? É preciso manter o padrão de experiência no momento do pós-venda.

Não é porque a venda já foi feita que o corretor deverá enviar um questionário de satisfação para o comprador.

Mantenha em mente sempre a experiência: o que o cliente espera de você? Será um contato através de mensagens no Facebook ou no WhatsApp perguntando sobre a adaptação? Entenda o que é esperado e responda a isso.

5. Peça a participação dos seus clientes

A geração millennials confia 50% mais em artigos, textos, avaliações e comentários publicados por usuários em vez de empresas ou funcionários e vendedores.

Então uma estratégia interessante para interagir com eles, mostrando os imóveis à venda, os benefícios e qualquer coisa mais que seja relevante, pode ser:

  • pedindo depoimento de compradores;
  • pedindo reviews de usuários sobre imóveis adquiridos — é diferente do depoimento, pois possui características mais analíticas;
  • sorteando seguidores, nas redes sociais, para ter uma experiência nos imóveis em troca de uma análise pública.

As formas são as mais variadas possíveis. Basta ter criatividade e pensar em como utilizar a participação das pessoas que estão em interação com você.

Dica extra

O contato com o cliente através das redes sociais é uma forma de criar o seu marketing pessoal. Por isso, é fundamental que você trabalhe a sua imagem como corretor, sem se prender às imobiliárias ou construtoras.

Nas redes sociais, trabalhe apenas o seu nome e a sua proposta. Isso facilitará as vendas caso você troque de imobiliária ou decida se tornar um corretor autônomo. Afinal, você já é a sua própria marca, e precisa ser bem trabalhada e nutrida para continuar dando frutos.

Assim sendo, o trabalho do corretor com a geração millennials deve ser focado na experiência, estabelecendo um padrão que deve ser seguido on e off-line. Além disso, é preciso sempre estar em constante contato com essa geração e assim garantir o sucesso da corretagem.

Agora que você já sabe como lidar com a geração millennials que tal compartilhar este artigo nas redes sociais para que mais pessoas possam aprender?

Receba tudo no seu email! Prometemos não enviar spam!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *