Abrir uma imobiliária ou se filiar a uma já existente? Entenda aqui!

Abrir uma imobiliária ou se filiar a uma já existente? Entenda aqui!

Um corretor de imóveis precisa ter muito conhecimento e jogo de cintura para ter sucesso na carreira. Apesar de existirem várias oportunidades no mercado, é preciso estar preparado para superar os obstáculos que lhe são apresentados. É fundamental conhecer as tendências de consumo e utilizar boas técnicas de abordagem e de fidelização de clientes.

Muitos profissionais têm a seguinte dúvida: abrir uma imobiliária ou se filiar a uma que já existe? Essa questão pode render uma longa discussão, pois ambos os lados têm pontos negativos e positivos a serem analisados.

Dessa forma, resolvemos acabar com todas as suas dúvidas no nosso post de hoje. Você vai aprender os benefícios e prejuízos que essas situações apresentam. Tenha muita atenção em sua leitura e faça uma escolha adequada às suas necessidades.

Quais são as vantagens e desvantagens de se abrir uma imobiliária?

Ter um negócio próprio ainda é o sonho da maioria dos profissionais. O trabalho por conta própria é uma questão que seduz várias pessoas, e não poderia ser diferente no mercado imobiliário. Essa liberdade permite a realização de atividades com mais autonomia e um planejamento mais flexível e de acordo com as suas habilidades.

As comissões também são totalmente aproveitadas pelo corretor e fazem com que seu orçamento financeiro seja aprimorado, desde que esses valores respeitem os limites estipulados pelo Conselho Regional de Corretores de Imóveis (CRECI).

Entretanto, é preciso ter muito cuidado nesses casos. Muitos profissionais se sobrecarregam de funções e acabam não atingindo os resultados esperados. O excesso de responsabilidade e outros problemas administrativos tiram o foco de atuação do corretor e fazem com que ele não se diferencie no mercado.

Lembre-se também que é necessário ter autodisciplina para se organizar e impor limites e metas para ordenar o trabalho ao abrir uma imobiliária.

O que se ganha ou se perde ao filiar-se a uma já existente?

Ao se associar a uma imobiliária, um corretor de imóveis pode trabalhar com uma rotina fixa e que já apresenta resultados positivos no mercado. Quem tem muitas pendências durante o dia a dia de trabalho pode ter dificuldades para se adaptar a esse cenário. Mas, na maioria dos casos, isso proporciona uma melhoria na performance de vários profissionais.

Uma corretora que já está estabelecida no mercado tem uma cartela de clientes e conta com as melhores práticas que eles podem exigir. O salário fixo e todos os outros benefícios de um trabalhador comum também são atrativos que podem garantir a estabilidade de seu orçamento financeiro, como as férias.

Imprevistos podem acontecer por mais preparado e capacitado que você seja. Dessa forma, a assessoria jurídica que essa condição de trabalho apresenta facilita a solução de problemas e te dá mais tranquilidade e segurança.

Entretanto, a comissão não é adquirida em 100%, e o cumprimento de metas mensais pode atrapalhar a performance de algumas pessoas.

Qual é a melhor escolha?

Após conhecer esses detalhes, você deve estar se perguntando qual é a melhor opção, não é mesmo? Pois então, essa é uma escolha que deve ser feita com muita atenção e cuidado. Qualquer erro ou deslize pode colocar em risco a ascensão de sua carreira e fazer com que as vendas caiam.

Abrir uma imobiliária é uma decisão que apresenta vários problemas. O suposto retorno financeiro pode não compensar o estresse e outros problemas que essa situação causa na vida de um corretor. Desse modo, ao se filiar a uma imobiliária já existente, você tem a sua disposição um planejamento com grande garantia de sucesso e que vai melhorar seu atendimento às necessidades dos clientes.

E então, gostou do nosso conteúdo? Quer fazer parte de um time campeão de vendas? Basta fazer o cadastro no nosso site!

Receba tudo no seu email! Prometemos não enviar spam!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *