Aprenda a fotografar imóveis com a câmera do seu smartphone

Aprenda a fotografar imóveis com a câmera do seu smartphone

Especialmente em tempos em que as pessoas buscam e comparam praticamente todos os produtos por meio da internet, fazer boas imagens da cartela de propriedades é algo essencial para qualquer corretor. E, para quem deseja praticidade, aprender a fotografar imóveis com a câmera do seu smartphone é muito importante.

Os celulares estão sempre à mão e possuem, cada vez mais, uma configuração que permite que o dono utilize o aparelho para as mais diversas finalidades. Quer conhecer algumas dicas para fazer excelentes fotografias? Então confira o conteúdo que preparamos a seguir!

Acerte na iluminação

O primeiro passo para aprender a fotografar imóveis com a câmera do seu smartphone é perceber a luz de cada cômodo e deixá-las perfeitamente adequadas para a melhor captura de imagem. Propriedades muito extensas e com áreas internas consideráveis merecem uma atenção especial.

Obviamente, o ideal é fazer tudo durante o dia, pois isso permite um visual muito mais natural e homogêneo. No entanto, como nem sempre isso é possível, deixar o flash da câmera sempre ligado e acender o máximo possível de lâmpadas são atitudes que podem contribuir para um melhor resultado.

Escolha uma alta resolução de imagem

Depois de acertar na iluminação, é hora de mexer e ajustar as configurações do seu smartphone. Os aparelhos estão cada vez mais modernos e contam com um número exorbitante de megapixels, especialmente quando comparados aos celulares que tínhamos poucos anos atrás.

Se houver câmera frontal e comum, opte sempre pela mais eficiente. Selecione sempre a maior resolução possível, para que os clientes possam identificar bem os detalhes e também para que você não perca qualidade na hora de publicá-las em redes sociais, no seu website ou nas plataformas de vendas de imóveis.

Não economize na quantidade

Outro passo crucial para fotografar imóveis com a câmera do seu smartphone é não economizar na quantidade. Certamente, esse é um dos maiores benefícios das tecnologias digitais, pois você não precisa imprimir as fotos para ver os resultados e pode acumulá-las em grande quantidade no seu aparelho.

Uma boa média é fazer cerca de 30 capturas, pois os sites especializados em anúncios costumam utilizar até 15 e, quanto mais você publicar, mais chances você terá de mostrar os diferenciais da propriedade e de convencer os clientes em potencial. Então, tenha esse número como base e abuse da memória do celular.

Siga uma sequência lógica

Por fim, seguir uma sequência lógica na hora de fazer as fotografias pode ajudar bastante. Dessa maneira, você não apenas fica menos propenso a esquecer ou minimizar algum cômodo, como também ajuda os clientes em potencial a compreenderem a planta e a diagramação da propriedade.

Você pode, por exemplo, começar pela fachada e ir seguindo como se estivesse entrando no imóvel: sala, corredor, quartos, banheiros, cozinha, área de serviços e quintal. Até mesmo no caso de apartamentos pequenos você pode iniciar pela porta e se direcionar para os fundos.

Essas são algumas dicas cruciais para fotografar imóveis com a câmera do seu smartphone. Gostou do conteúdo? Então siga nossos perfis nas redes sociais e fique por dentro de outras novidades do setor!

Receba tudo no seu email! Prometemos não enviar spam!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *