Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Como ser um corretor de imóveis?

Como ser um corretor de imóveis?

O desemprego tem sido um dos maiores problemas no Brasil. As pessoas começaram a procurar outras maneiras de conseguir dinheiro para pagar as contas e outras despesas do lar. Uma dessas formas é estudando para se tornar um corretor de imóveis — seja autônomo, seja associado a uma construtora específica.

Vender imóveis não é tão fácil quanto parece, pois requer esforço, conhecimentos e experiências que são adquiridos com o tempo. Os profissionais que estão começando a trabalhar nesse setor costumam desanimar devido aos desafios enfrentados. Por isso, é preciso conhecer os riscos e os benefícios dessa profissão.

Está considerando dar uma repaginada na sua vida profissional? Descubra agora como ser um corretor de imóveis.

Quais são os primeiros passos para se tornar um corretor de imóveis?

Independentemente do cargo que você deseja ocupar, é preciso ter os conhecimentos essenciais da área. Logo, é interessante fazer um curso de corretores de imóvel. Eles são chamados de “Negócios Imobiliários” ou “Gestão Imobiliária”. Os alunos aprendem a criar anúncios para casas e apartamentos, a conquistar a confiança do cliente e a fechar negócios.

Esse é o passo inicial para as pessoas que estão buscando ingressar no setor imobiliário. Em seguida, após terminarem o curso, os recém-formados devem completar outra etapa. O registro no CRECI, o Conselho Regional de Corretores de Imóveis, é fundamental para os corretores de imóveis do Brasil. É necessário reunir todos os documentos e aguardar o Conselho aprovar o pedido do registro.

Vale mais a pena ser autônomo ou afiliado a uma construtora?

Vale mais a pena ser autônomo ou afiliado a uma construtora?

Essa é uma das dúvidas mais frequentes quando as pessoas pensam em se tornar corretoras de imóveis. Ser autônomo tem as suas vantagens, assim como estar afiliado a uma empresa. Os profissionais autônomos também podem prestar serviços para construtoras ou imobiliárias, mas não estão regulamentados como os de carteira assinada ou sob o regime de contrato.

O que muda são as relações trabalhistas. O funcionário contratado por uma construtora, geralmente, não consegue ter tempo para trabalhar fora da empresa. Por outro lado, autônomos têm a liberdade de trabalhar para diversas imobiliárias, mas não têm os direitos trabalhistas como os afiliados. Tudo depende do objetivo do corretor de imóveis — isso que define a decisão final.

Quais as vantagens e as desvantagens de ser corretor de imóveis?

Essa é uma das profissões mais rentáveis, ou seja, se os corretores trabalharem com bastante dedicação, vão ganhar muito dinheiro. Mas, como qualquer outra profissão, para alcançar o sucesso e atingir metas, é preciso se empenhar todos os dias.

Além disso, quando pensamos em como ser um corretor de imóveis, temos o desejo de começar uma carreira profissional. Se esse for o seu caso, não deixe a oportunidade passar. É possível que, nos próximos anos, você venha a se tornar um corretor de imóveis de sucesso!

Seguindo essas dicas de como ser um corretor de imóveis, você vai trabalhar com mais confiança em todas as etapas desse serviço — desde o momento do contato com clientes em potencial até a hora de fechar negócios. Você sabia que essa é uma profissão que está em constante ascensão no Brasil e no mundo? Por isso, não desanime nos primeiros meses, pois os maiores lucros começam a surgir em longo prazo.

Gostou do conteúdo? O nosso blog está cheio de postagens sobre imóveis e informações importantes para os profissionais que estão começando a atuar no mercado imobiliário. Confira agora como ser um corretor de imóveis autônomo!

Banner rodapé
Receba tudo no seu email! Prometemos não enviar spam!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *