Corretor de imóveis: é possível vender durante a crise?

Corretor de imóveis: é possível vender durante a crise?

A crise financeira afetou todos os segmentos da economia e a coisa não foi muito diferente no mercado imobiliário. O setor, que é bastante experimentado no Brasil e vinha crescendo vertiginosamente nos últimos anos, ficou estagnado e reduziu o seu desempenho. Com isso, a vida do corretor de imóveis ficou mais difícil.

No entanto, todo momento desfavorável é também propício para boas ideias. Com atitudes estratégicas e alguma criatividade, é possível se diferenciar da concorrência e conseguir bons números no final do mês. Quer descobrir como fazer isso? Então confira o conteúdo que preparamos a seguir.

Capriche na apresentação

O primeiro passo para qualquer corretor de imóveis vencer a crise começa na própria apresentação. É natural que, em um momento de muito receio e comedimento nos investimentos, as pessoas só queiram trabalhar com quem passa um ar de profissionalismo e seriedade.

Vestir-se bem, ter um vocabulário adequado e manter a polidez são atitudes essenciais para turbinar o seu marketing pessoal. Ainda que o uso de terno e gravata não seja imprescindível, roupas sociais, asseadas e de boa qualidade já fazem muito pelo seu desempenho.

Atualize-se o quanto puder

Estudar sempre é bom e, por isso mesmo, o corretor de imóveis deve investir em eventos, palestras e cursos de aperfeiçoamento. Eles dão mais embasamento para sua argumentação e mais poder de convencimento dos clientes.

Se você não quiser gastar dinheiro, a internet pode ajudar. Existe muito material disponível gratuitamente, além de vários blogs e fóruns online que discutem temas sobre o mercado imobiliário.

Acerte na precificação

Especialmente em um momento de crise, o profissional que errar na precificação pode perder diversos clientes. Por isso, é fundamental ficar muito ligado nas tendências do mercado e saber com perfeição quais são os valores que estão sendo praticados em uma determinada região, tanto para venda quanto para locação.

Esteja sempre disponível

A tecnologia facilitou bastante a vida do corretor de imóveis, pois existem meios bem baratos e eficientes de ficar sempre disponível. Além de ter um celular ligado 24 horas por dia, os aplicativos de comunicação, como o WhatsApp, permitem um contato direto, em tempo real.

Os e-mails também são outra maneira pela qual muitas pessoas gostam de se comunicar. Cheque sua caixa de entrada ao menos uma vez por dia e não demore a responder as mensagens recebidas.

Invista em marketing digital

O marketing digital vem ganhando espaço e tomando o lugar das formas tradicionais de divulgação. Além de ser mais barato, ele proporciona atingir muito mais pessoas e pode gerar credibilidade para o corretor de imóveis.

Um blog, por exemplo, permite que você crie artigos interessantes e atraia naturalmente os clientes. Um bom site também contribui para dar mais segurança ao seu público. Campanhas de e-mail marketing, com propostas bem direcionadas, também podem ter um excelente resultado.

Tenha um bom networking

Um corretor de imóveis não pode abrir mão de um bom networking. No mercado imobiliário, muitas oportunidades surgem sem aviso prévio e quem não estiver com contato constante com outros profissionais acaba ficando para trás.

Invista na reciprocidade e também indique clientes que desejam propriedades que não estejam na sua área ou que não sejam de sua alçada. Dessa forma, você será lembrado na hora em que surgir algo propício para você.

Faça um bom pós-venda

Por fim, é interessante fazer um bom pós-venda, pois o papel do profissional não acaba quando o cliente assina o contrato. Procure saber sempre se ele ficou satisfeito com a escolha e se coloque disponível para responder dúvidas ou receber sugestões.

Dessa maneira, aquela pessoa não só vai indicá-lo para parentes e amigos, como também vai procurá-lo na hora em que quiser fazer outra transação no mercado imobiliário.

Dica extra

O contato com o cliente através das redes sociais é uma forma de criar o seu marketing pessoal. Por isso, é fundamental que você trabalhe a sua imagem como corretor, sem se prender às imobiliárias ou construtoras.

Nas redes sociais, trabalhe apenas o seu nome e a sua proposta. Isso facilitará as vendas caso você troque de imobiliária ou decida se tornar um corretor autônomo. Afinal, você já é a sua própria marca, e precisa ser bem trabalhada e nutrida para continuar dando frutos.

Essas são algumas dicas para o corretor de imóveis vencer a crise! Gostou do conteúdo? Então compartilhe esse artigo em suas redes sociais!

Receba tudo no seu email! Prometemos não enviar spam!

2 comentários em “Corretor de imóveis: é possível vender durante a crise?”

  1. Samuel disse:

    Muito útil.estao de parabéns

  2. Samuel disse:

    Tem me ajudado muito,No meu dia a dia.
    Parabéns

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *