Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Corretor imobiliário na pandemia: quais são os desafios?

Corretor imobiliário na pandemia: quais são os desafios?

Em decorrência do novo coronavírus, o mercado imobiliário passa por alguns períodos de apreensão. Nesse sentido, o cenário econômico causa influência direta sobre o profissional que atua nesse setor e, sendo assim, o trabalho do corretor imobiliário na pandemia não está sendo muito fácil.

É aí que surge a necessidade de implementar estratégias específicas para conquistar mais vendas e conseguir melhores resultados. Para isso, o profissional deve se adaptar à nova realidade do mercado, redefinindo a sua conduta, adquirindo mais conhecimentos e mais capacitação e sempre evoluindo.

Quer saber como continuar a fechar negociações neste momento? Neste post, vamos dar dicas de como ser um bom corretor imobiliário na pandemia e conseguir finalizar bons negócios. Continue a leitura!

Os desafios do mercado para os corretores imobiliários

Queda nas vendas

A pandemia causada pela Covid-19 trouxe o isolamento como forma de conter o avanço do vírus. Esse cenário gerou incertezas para a economia e, com isso, empresas fecharam as portas, profissionais autônomos sofreram perdas no faturamento e o número de desemprego aumentou. Assim, as pessoas ficaram apreensivas em fazer altos investimentos e, como consequência, o número na venda de imóveis sofreu uma queda.

Diante desse desafio, os corretores imobiliários precisam conhecer a nova realidade e realizar mudanças com o intuito de conseguirem fechar novas negociações com os clientes e continuarem atuando no mercado.

Prospecção de clientes

A tarefa de prospecção de clientes é uma das mais importantes. Trata-se de uma etapa do funil de vendas que envolve a aproximação com o público-alvo e tentativas de contato com potenciais clientes, fazendo sondagens e preparando a melhor forma de abordagem com o intuito de que eles façam parte do funil. Para isso, é importante focar a internet, as redes sociais e os demais canais onde está o público para promover a missão, a imagem e os diferenciais da marca.

Bom conhecimento do perfil do cliente

Você deve conhecer as necessidades e as prioridades do cliente. Que tipo de imóvel ele está buscando? Ele mora sozinho ou com a família? É essencial saber como é o estilo vida, se ele trabalha em casa, se pratica esportes, se tem filhos, qual é o estilo de decoração que mais o agrada etc.

Além disso, você deve perguntar sobre as características do imóvel que ele deseja comprar, como o tamanho do local, a quantidade de quartos, o número de vagas na garagem, o andar, os tipos de áreas de lazer etc. Assim, vai ficar mais fácil buscar aqueles que estão à venda e que mais têm a ver com o perfil do potencial comprador. Ademais, é claro que um atendimento personalizado faz toda a diferença para atrair a atenção e conquistar a confiança do cliente, não é mesmo? Portanto, converse com ele e deixe-o livre para dizer mais sobre si e sobre a forma como as negociações devem ser conduzidas.

Agilidade no fechamento de vendas

A compra de um imóvel pode ser demorada e levar dias ou semanas, pois envolve visitas ao apartamento, conversas entre o comprador, o proprietário e o corretor, a reunião da documentação necessária, o comparecimento até o cartório etc.

Os clientes estão cada vez mais exigentes e criteriosos em suas decisões. Nesse sentido, o papel do corretor é tornar todo esse procedimento o mais ágil e prático possível e não correr o risco de perder a venda. Por isso, o ideal é que esse profissional tenha uma postura proativa e dinâmica, colocando-se à frente para guiar as negociações e impulsionar o processo da venda.

Gestão financeira

Corretores autônomos recebem uma remuneração variável, conforme o número de negociações fechadas no mês. Mesmo aqueles profissionais que trabalham em imobiliárias costumam receber uma comissão sobre cada venda, o que comprova que os ganhos não são fixos e variam de acordo com o fechamento dos negócios.

O grande desafio é o fato de que o número de vendas pode cair em determinado período. Os meses com poucos ganhos podem prejudicar a saúde financeira do corretor e ele poderá ser diretamente afetado por isso. É aí que surge a necessidade de o profissional realizar uma gestão financeira efetiva. Para isso, é essencial calcular os gastos mensais e ter um controle muito seguro sobre as despesas, evitando gastar com coisas supérfluas e desnecessárias. Existem vários aplicativos de gestão financeira pessoal que prometem ajudar nesse sentido.

As oportunidades para os corretores imobiliários

As oportunidades para os corretores imobiliários

Apesar dos desafios, o mercado proporciona muitas chances para o profissional que deseja começar a trabalhar no ramo imobiliário. Confira, a seguir, as maiores oportunidades para o corretor.

Atuação autônoma

O corretor autônomo tem um amplo mercado para atuação. Ele pode criar o seu próprio horário de trabalho e organizar a sua rotina da forma que achar mais conveniente sem correr o risco de levar advertências, podendo trabalhar no período noturno, por exemplo. Por outro lado, ele deve criar a sua própria carteira de clientes, sendo ele mesmo o responsável pelo sucesso da sua carreira.

Assim, ele tem uma remuneração variável e, por isso, não tem a certeza de quanto vai receber nos próximos meses. Por isso, ele deve focar a gestão financeira para que não corra o risco de passar por necessidades e falta de dinheiro.

Trabalho em imobiliárias

O corretor que trabalha em imobiliárias próprias recebe uma remuneração fixa acrescida de taxas e comissões de vendas geralmente. Por outro lado, ele tem menos liberdade para organizar a rotina e costuma atender aos clientes designados pela empregadora.

Como visto, o trabalho do corretor imobiliário na pandemia continua sendo um desafio. Nesse cenário, o profissional deve focar a sua atuação e reforçar as suas técnicas de abordagem de vendas e de persuasão. Ele deve adotar uma postura proativa e que transmita confiança aos clientes. Só assim, torna-se possível passar por essa fase conquistando boas vendas e sem sofrer muitas perdas. Para isso, o corretor deve agir e adaptar-se à nova realidade.

Apesar de todas as mudanças sofridas nos últimos meses, o mercado imobiliário ainda oferece ótimas chances para os profissionais que desejam atuar nesse segmento. Quer exercer as suas atribuições nesse nicho, mas ainda não sabe por onde começar? Então, descubra como iniciar a carreira de corretor de imóveis!

Receba tudo no seu email! Prometemos não enviar spam!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *