Corretor iniciante: o guia prático para alavancar sua carreira

Corretor iniciante o guia prático para alavancar sua carreira

1. Introdução

A carreira de corretor imobiliário tem atraído profissionais das mais diversas áreas de atuação, sejam pessoas já graduadas e atuantes — como advogados e engenheiros — sejam jovens que desejam entrar no mercado já como corretor iniciante.

Seja qual for sua vontade e motivo, saiba que a carreira de corretor é muito promissora! Além do mais, a sua maior característica deve ser a flexibilidade: um corretor pode escolher o horário em que trabalha, se deseja trabalhar de forma autônoma ou em parceria com uma imobiliária, ou, ainda se tem interesse em realizar plantões de venda.

Por essas possibilidades, existem até quem tenha ingressado no mercado como uma segunda opção de trabalho. Como o mercado imobiliário é uma área com constante demanda de venda ou aluguel, é possível crescer (e muito) como corretor imobiliário.

Se você tem interesse na área, leia as dicas apresentadas nesse post: você está prestes a conhecer uma visão geral sobre a carreira de corretor de imóveis, dicas para alavancar a sua carreia de corretor iniciante, além de saber quais as ferramentas essenciais para a área.

Continue a leitura e saiba como trabalhar nesse universo de possibilidades!

2. Uma visão geral sobre o corretor de imóveis

Você sabe o que é necessário para entrar no mercado como corretor iniciante? Conhece as características essenciais para ser um profissional de sucesso? Sabe qual a formação é requerida? Veja, abaixo, todas as respostas para essas perguntas!

Perfil do profissional

O trabalho de venda e locação de imóveis, basicamente, envolve lidar com pessoas na grande maioria do tempo. Por isso, o trato com o público é muito importante!

Apesar da carreira imobiliária ser bastante democrática, aceitando os mais diversos estilos de pessoas, formações e idades, o maior e principal requisito é ter boa interação com pessoas.

Por isso, é essencial deixar a timidez de lado e trabalhar o seu lado social, evidenciar seu lado carismático, inspirar confiança e mostrar assertividade em suas atitudes. Mais saiba também que estas são características podem ser adquiridas e aprimoradas sempre.

Um bom profissional da área também apresenta uma boa oratória. Como o corretor está em constante contato com clientes, colegas e outros profissionais, é essencial que ele fale bem o português. Ou seja, é importante deixar as gírias e palavras chulas de lado.

Ao mesmo tempo, principalmente com a modernização das relações comerciais, há muita demanda solicitada pelos meios digitais — como e-mail ou WhatsApp. Por isso, uma boa escrita faz muita diferença.

Para alinhar todas as demandas solicitadas, é primordial ser organizado: mais uma característica que pode ser desenvolvida, principalmente com agendas eletrônicas, notificações no celular, entre outros itens. Deixar o cliente esperando é uma péssima ideia e, por isso, organização é um item necessário.

Por fim, o bom corretor deve ser cortês, discreto, elegante, saber ouvir o que o seu cliente tem a dizer e praticar a empatia principalmente quando receber críticas pois ele sabe que, com elas, poderá melhorar muito o seu trabalho, resolvendo as demandas do cliente da melhor forma possível.

Se você deseja iniciar a carreira de corretor, procure ser carismático, organizado, apresentar boa fala e escrita e seja cortês.

Formação adequada

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, o curso de graduação para a formação de corretor imobiliário não é indispensável. É por esse motivo que a carreira reúne tantas pessoas de áreas diversas.

No entanto, a Lei nº 6.530 de 1978 regulamenta a profissão, sendo necessário realizar o curso técnico chamado Transações Imobiliárias, conhecido como TTI, ou o curso superior em Gestão de Negócios Imobiliários.

O próximo passo é a realização da inscrição no Conselho Regional de Corretores de Imóveis da região escolhida, o famoso CRECI. Esse órgão funciona como a famosa OAB, dos advogados, ou o CRM, da área médica.

Esse número de registro funciona como uma proteção aos clientes, que devem buscar apenas corretores credenciados, bem como uma segurança para os corretores que desejam realizar um bom trabalho. Para atuar profissionalmente de forma correta e legal é preciso, além da inscrição no CRECI, quitar as parcelas da anuidade do conselho.

Atualmente, também existem diversos cursos de atualização e workshops de treinamento. Embora eles não sejam essenciais, são ferramentas de aprimoramento que funcionam como bons diferenciais para quem deseja se destacar no mercado.

Benefícios de ingressar nesse mercado

Por ser uma carreira muito democrática, o maior benefício é a grande possibilidade de crescimento profissional e da ampliação e diversidade da rede de relacionamento interpessoal que se estabelece ao longo do trabalho, até mesmo para os que não tem experiência na área. Por isso, se você é um corretor iniciante, saiba que existem boas perspectivas de mercado.

Como já mencionado, a carreira de corretor imobiliário é flexível. Você pode organizar a agenda de visitas em períodos variados, optar por trabalhar sempre nos turnos da manhã ou, ainda, fazer o serviço digital de forma remota.

Em relação à forma de trabalho, o corretor imobiliário pode atuar de forma autônoma ou como parte do quadro de empregados de uma imobiliária — com carteira de trabalho assinada e os direitos trabalhistas inerentes.

Geralmente, existe uma comissão para cada negócio fechado, seja ele relacionado à venda ou aluguel de empreendimentos. Como essa comissão funciona por meio de um percentual, os valores finais podem ser facilmente calculados.

Ainda, essa maneira é um incentivo e tanto para a busca por novos consumidores e possíveis vendas e alugueis efetivados: quanto mais negócios o corretor realiza, maior é a sua renda ao final do mês.

Para os corretores iniciantes, realizar os chamados plantões de venda de imóveis em lançamento também funciona como uma boa ideia. Além da comissão em negócios fechados, o profissional pode criar um bom networking, se apresentar aos clientes e, claro, aplicar as técnicas de venda na prática.

3. Como alavancar a carreira de um corretor iniciante

A maneira como um corretor iniciante ingressa no mercado pode fazer muita diferença em seus negócios posteriores. Para criar um bom círculo de networking, é essencial realizar uma boa apresentação digital e cuidar da imagem pessoal. Veja, a seguir, como fazer isso de forma detalhada.

Utilize bem os canais digitais

Com tanta modernidade nas relações comerciais, os canais digitais precisam ser utilizados como forma de atração de clientes. Montar um perfil interessante nas redes sociais, como Facebook, Instagram e LinkedIn, pode dar início a diversas possibilidades de negócio.

Entenda bem a finalidade de cada rede social: enquanto o LinkedIn é mais profissional, contendo os dados relevantes de sua formação e educação, o Instagram funciona de forma mais ágil, basicamente por meio de imagens de qualidade.

Já o Facebook reúne textos, vídeos e informações maiores. Uma boa ideia é mesclar diversos tipos de canais digitais, para atingir a maior quantidade de internautas possíveis.

Lembre-se que a sua imagem nas redes sociais deve ser coesa: não misture sua vida pessoal à profissional. Se for o caso, crie contas profissionais e poste itens apenas relacionados ao mercado imobiliário.

Também é essencial contar com um número de trabalho, tanto para ligações, como para o uso do WhatsApp. Para esse último, inclusive, é possível fazer uma conta empresarial.

Nesse tipo de conta, o profissional pode incluir informações de horário de funcionamento, um mapa do endereço de seu escritório ou, ainda, programar respostas automáticas para quem envia solicitações.

Utilizar o WhatsApp de forma profissional pode gerar uma diferença bastante positiva. Preste atenção na gramática e ortografia e seja sempre cortês.

Cuide da sua imagem pessoal

Conhece a expressão de que é a primeira impressão que fica? Pois bem, essa premissa é verdadeira na área imobiliária. Por isso, cuidar da imagem pessoal é primordial para quem deseja se tornar um corretor de sucesso.

Além da oratória e de um português bem escrito, o corretor iniciante deve se atentar às roupas e à sua higiene pessoal. Vale destacar que não é obrigatório utilizar um certo tipo de vestimenta, como terno ou salto alto, tampouco manter (ou não) a barba ou cores claras de esmalte.

A dica é que o profissional utilize roupas de sua preferência, que sejam de seu conforto, mas optando pela discrição e bom gosto. Se você tiver em dúvida sobre o que usar, pense na imagem que você espera de um profissional: você acharia conveniente um médico utilizando chinelos em uma consulta? Pense pelo lado do seu cliente e evite erros grotescos!

Da mesma forma, como já mencionado, cuidado com o que você posta em seus perfis públicos nas redes sociais. Não exagere em vídeos de festas, bebidas alcoólicas ou exposições desnecessárias. Opte, sempre, por manter a sua vida pessoal longe de suas relações comerciais.

Construa um bom networking

Networking nada mais é do que uma boa rede de contatos profissionais. Conhecer pessoas do ramo é sempre uma ótima ideia, seja para a troca de experiências, seja para aumentar a possibilidade de negócios fechados.

Para tanto, o corretor precisa ser proativo: buscar cursos de atualização, redes de conexão de pessoas da área, ter a iniciativa de se apresentar aos outros profissionais e, claro, manter contato com essas pessoas.

Da mesma forma que o corretor iniciante precisa ser carismático para lidar com seus clientes, essa característica também é imprescindível para a construção de um bom networking.

Com as redes sociais, hoje ficou mais fácil criar e ampliar essa rede de contatos profissionais. O LinkedIn, por exemplo, permite que você encontre pessoas com interesses semelhantes aos seus.

Já em eventos presenciais, não tenha medo de falar e se apresentar. Diga que você é iniciante na área, que busca novos negócios e se mostre disponível para possíveis indicações. Pessoas proativas têm mais chances de serem vistas, justamente por não terem medo de receber negativas.

Não se esqueça de salvar os contatos e trocar mídias sociais. Invista em um bom cartão de visita, imprima algumas unidades e sempre leve alguns em sua carteira: para um bom vendedor, a fila no mercado pode se tornar o ambiente ideal para a criação de networking — e, por que não, de um negócio efetivado.

4. Ferramentas essenciais para um corretor

Confira, agora, algumas ferramentas que podem fazer (muita!) diferença na vida do corretor imobiliário. Veja quais são elas:

GPS

A vida dos corretores imobiliários passa longe de uma rotina fixa, sempre no interior de um escritório. Por conta das visitas aos imóveis, eles estão, na grande parte do tempo, indo de um local ao outro.

Por isso, é essencial contar com um bom GPS. Atualmente, o Waze ou Google Maps são boas dicas: além de estarem atualizados, eles são gratuitos e mostram a opção de rota mais rápida. Agende com o cliente e não perca a hora!

Agenda eletrônica

Com uma agenda eletrônica você recebe avisos prévios aos agendamentos marcados: essa é a vantagem de abandonar o papel. Ela, ainda, pode ser alterada pelo celular ou computador, de uma forma integrada a um e-mail fornecido.

Crie um endereço eletrônico profissional e utilize-o para reunir informações essenciais de sua rotina como corretor imobiliário.

Câmera fotográfica de qualidade

Na era das mídias sociais, utilizar fotos de boa qualidade é um recurso eficiente para realizar grandes negócios. Invista em uma boa câmera fotográfica e pesquise sobre noções de fotografia: lembre-se que a imagem é o que chama atenção para o anúncio.

Se você deseja se diferenciar ainda mais, contate um fotógrafo profissional e proponha uma parceria para a realização das fotos. Pode ser um pouco mais caro, mas o resultado final vai valer a pena.

Aplicativo Sun Seeker

É muito importante saber a posição do sol para fechar negócios. Felizmente, hoje não é mais necessário utilizar a famosa bússola para esse fim: existe o aplicativo Sun Seeker que realiza essa função.

Faça o download desse aplicativo e mostre ao cliente a posição verídica do sol em determinada propriedade.

5. Conclusão

Não é difícil se tornar um corretor imobiliário de sucesso, mas essa tarefa requer determinação, preparo e paciência. Se você é um corretor iniciante, anote todas essas informações sobre o perfil da profissão e aprenda a alavancar a sua carreira por meio dos canais digitais, do cuidado com a imagem pessoal e da realização de networking.

Por fim, utilize as ferramentas essenciais, como GPS, boas imagens e aplicativos específicos, e saia na frente da concorrência. Arregace as mangas e bom trabalho!

Gostou das dicas apresentadas em nosso post? Tem interesse em outros artigos como esse? Assine a nossa newsletter e receba, em primeira mão, diversos artigos sobre mercado imobiliário!

Receba tudo no seu email! Prometemos não enviar spam!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *