Aprenda como fazer uma ótima descrição de imóvel

Aprenda como fazer uma ótima descrição de imóvel

A descrição de imóvel é um dos elementos decisivos na hora de atrair os clientes nas redes sociais — e os bons corretores devem ficar atentos a isso! Na era das imagens, existem, inclusive, redes sociais como o Instagram, que é feito especialmente para elas.

Entretanto, ao contrário do que muitos podem pensar, não são apenas as imagens que ajudarão a alavancar as vendas nessas plataformas. Um texto bem feito sobre o imóvel, contendo as informações necessárias para o comprador, pode influenciar (e muito) o fechamento do negócio.

Para que você saiba como aproveitar ao máximo essa importante estratégia, confira este post com algumas dicas para elaborar uma ótima descrição de imóvel. Vamos lá!

Conheça seu público

Pode parecer clichê, mas saber para quem você está anunciando é um passo fundamental para fazer uma ótima descrição. A partir do perfil do cliente, será possível entender melhor o que ele procura para, assim, fazer uma descrição mais direcionada.

Se você ficar atento às propagandas de hoje, vai perceber que as marcas estão investindo crescentemente em vender experiências, e não produtos. O consumo de determinado bem está atrelado a todo um imaginário de estilo de vida que aquela pessoa deseja adquirir.

Com o mercado de imóveis, esse fator não é diferente. Tanto é que a venda de apartamentos e casas em condomínios, por exemplo, aumentou consideravelmente — seja pela característica em reunir diversas facilidades em um lugar só, seja pela maior qualidade de vida ou, ainda, pelo status de alto padrão.

Conhecendo bem o perfil do cliente será possível entender qual o tipo de experiência é buscada pela pessoa que procura o imóvel ideal: conforto e segurança para a família, proximidade ao melhor da vida noturna e da gastronomia da cidade, morar em uma cidade grande, mas em um bairro com cara de interior, entre outros.

Faça uma descrição de abertura

Na atual era digital, são raras as pessoas que têm paciência para a leitura de longos textos. Por isso, uma chamada vistosa e uma descrição de abertura são essenciais para quem deseja vender imóveis na internet.

Invista em palavras chamativas e destaque qualidades que diferenciam a casa ou o apartamento ofertado. Depois de uma chamada interessante e uma descrição curta e direta, são maiores as chances de o cliente continuar a leitura de seu anúncio.

Um exemplo de uma chamada genérica e comum é apenas colocar o número de quartos e a cidade em que está presente ou, ainda, só mencionar que o apartamento está a venda ou para alugar. Seja criativo e apresente o imóvel como se fosse uma oferta única, mencionando todas as razões pelas quais ele é diferente.

Se o apartamento disponível está em um bairro com grande área verde, faça questão de mencionar essa característica de forma direta e positiva, ressaltando a maior qualidade de vida dos moradores do local e o incentivo à prática de esportes, importante para a saúde.

Já se o imóvel está localizado em uma área comercial, aponte que o empreendimento é muito indicado para estudantes ou pessoas que desejam contar com a proximidade à farmácias, restaurantes e shoppings. Falar sobre a vantagem da desnecessidade do uso de automóveis para locomoção também é um ponto alto!

Destaque as principais qualidades do imóvel com clareza e objetividade

Se o seu possível cliente leu a chamada e a abertura e continuou com o anúncio aberto, você está mais próximo de fechar o negócio! Como a propaganda é feita em redes sociais, é necessário ter bastante atenção à clareza e objetividade do seu texto.

Embora os consumidores estejam interessados em saber sobre o imóvel, eles desejam adquirir essas informações da forma mais rápida e transparente possível.

Por isso, na hora de elaborar a descrição, tenha em mente o público-alvo e procure destacar, entre as características do imóvel, as qualidades que mais se adequam ao interesse daquele perfil.

Faça uma descrição detalhada e, sempre, sincera. Se houver alguma informação que você não deseja informar logo de cara — como um banheiro pequeno ou a necessidade de uma pequena reforma — apenas deixe de lado e foque nos itens positivos.

Concentre seu esforço em elaborar algo sucinto e interessante, que capte a essência do cliente, evitando, claro, jargões do ramo, assim como erros de português, que afetam a credibilidade do texto.

Invista em boas imagens

Em se tratando da era digital, investir em boas imagens é item primordial. Isso porque, de nada adianta a elaboração de um texto cuidadoso e bem escrito se a imagem escolhida estiver com uma qualidade ruim ou transparecer certo amadorismo.

Para auxiliar nessa etapa, a dica é contar com a ajuda de bancos de imagens. Eles são facilmente encontrados na internet e podem ser pagos ou gratuitos. Alguns bancos ainda dão a opção de utilizar a imagem salva com os devidos créditos ao site e ao fotógrafo, a partir de um link fornecido pelo próprio site.

Esse tipo de site apresenta uma boa variedade de fotografias, o que é possível tornar o seu anúncio único, mesclando imagens de uma cena de assinatura de contrato, por exemplo, às fotos reais do empreendimento.

Em se tratando das fotos do imóvel, a qualidade da imagem também precisa acompanhar o mesmo nível das fotos presentes em bancos de imagens. Ou seja, elas precisam ter um nível profissional.

A dica é investir em um bom aparelho fotográfico ou ainda, contratar um fotógrafo para fazer ótimas imagens para seu anúncio. Contar com quem tem experiência no ramo pode fazer muita diferença!

Atente para a coerência da descrição do imóvel com as imagens

A internet e as redes sociais estão povoadas de imagens e, sem uma descrição adequada, o sentido das fotos do anúncio do imóvel pode ficar perdido. Por isso, ao elaborar a descrição, atente para os elementos que compõem as imagens.

Há fotos de armários? Da área externa? Cômodos mobiliados? Procure guiar o cliente pelos ambientes fotografados por meio do texto, não deixando espaços para confusões e mal-entendidos.

Em resumo, a descrição e a imagem do imóvel precisam estar alinhadas. Basicamente, a imagem deve traduzir tudo (ou quase tudo) que está presente no texto e, por isso, escolher imagens de imóveis sem atenção à coerência pode deixar o seu cliente confuso.

Como resultado, o consumidor passa adiante ao próximo anúncio: na era digital, o anunciante tem poucos minutos para prender a atenção de seu cliente.

Peque pelo excesso e mantenha uma forte linha de coesão entre as palavras e imagens — ler um texto bem feito, organizado e com uma imagem de qualidade é meio caminho andado para o seu cliente fechar negócio.

Inclua características da região e do condomínio

Identificar os pontos positivos da região é item essencial, justamente para demonstrar o que o possível próximo morador vai poder encontrar pelo seu caminho diário.

Bairros em crescimento são ótimos investimentos, pela alta possibilidade de valorização. Por isso, informe em seu anúncio se existem parques pela região, estabelecimentos comerciais, escolas, hospitais, entre outros.

O mesmo deve ser feito se o imóvel faz parte de um condomínio — empreendimento que tem ganhado força nos dias atuais. Reforce a segurança para a família, considerando a portaria 24 horas por dia; a diversão para as crianças, a partir de piscinas e playgrounds construídos; e a possibilidade de fazer atividade física na própria academia do prédio.

Informe todas as características possíveis e torne o seu anúncio especial!

Esclareça as possíveis dúvidas ao fornecer o anúncio

Todo corretor de imóveis deseja que o seu possível cliente entre em contato, em uma hora ou outra. No entanto, se isso acontece apenas porque o consumidor quer tirar algumas dúvidas e, depois, não aparece mais, o contato resultou negativo.

Para tanto, é importante já esclarecer possíveis dúvidas ao fornecer o anúncio, como forma de deixar ainda mais claro ao cliente e evitar conversas que não levam ao fechamento do negócio.

Um exemplo disso é não mencionar a quantidade de vagas que a garagem do condomínio apresenta. Se o cliente tem uma grande família, um anúncio com 1 vaga de garagem não será interessante para ele. Assim, esclareça esse dado logo no anúncio!

Um outro exemplo é a necessidade (ou não) de apresentação de fiador. Se o aluguel de determinado imóvel não requer a apresentação de fiador, coloque essa informação em seu anúncio e, de quebra, use esse ponto a seu favor.

Pense, sempre, pelo lado do cliente, e ressalte possíveis dúvidas no anúncio do empreendimento. O consumidor agradece a praticidade e a sinceridade e, com isso, você já começa com pontos positivos nessa relação comercial.

Inclua o preço

A maioria dos corretores não gosta de mencionar o preço da casa ou do apartamento com receio de espantar clientes. No entanto, é justamente a atitude de não incluir o valor que obstrui o fechamento de negócios.

Isso porque o consumidor, muitas vezes, não tem tempo para enviar uma mensagem para saber o preço de todos os apartamentos de sua lista. Ou, ainda, porque esse cliente, quando vê um anúncio sem o preço, o considera incompleto e já passa adiante.

Incluir o valor do empreendimento é forma de garantir boas chances de fechamento de negócio, justamente porque o cliente já tem uma faixa de preços que pretende manter. Coloque o valor do imóvel e, caso haja alguma possibilidade de desconto ou parcelamento, mencione no texto sobre condições especiais.

Demonstre originalidade e disponibilidade

Uma das estratégias que as marcas utilizam para o relacionamento com seus clientes é desenvolver uma linguagem própria e original. Assim, elas são facilmente identificadas por eles e se tornam reconhecidas por certo tipo de linguagem.

Tenha isso em mente na hora de descrever o imóvel e lembre-se que as redes sociais também oferecem uma maneira de se aproximar mais dos clientes. Dessa maneira, procure se mostrar sempre disponível e amigável!

Atente-se a certos cuidados no momento de elaborar uma descrição de imóvel e ganhe destaque no mercado. Conheça seu público, faça uma descrição de abertura, destaque as qualidades do imóvel, invista em boas imagens, tire possíveis dúvidas, mencione o preço e seja original! Use todas essas dicas e tenha muito sucesso em seus negócios.

Gostou das dicas do nosso artigo? Veja, agora, o manual de técnicas de venda para corretores e amplie o seu leque de clientes!

Receba tudo no seu email! Prometemos não enviar spam!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *