Por que o CRECI é importante para o corretor? Entenda!

Por que o CRECI é importante para o corretor? Entenda!

A ideia de se tornar um vendedor de imóveis encanta muita gente, pois além de ser uma profissão dinâmica e interessante, as possibilidades de grandes lucros são bem elevadas. A área é consolidada e cheia de oportunidades, mas, para chegar a esse nível, existe uma série de exigências que precisam ser cumpridas. Dentre as principais, podemos destacar a necessidade de formação acadêmica e de ter um registro profissional no CRECI.

Você certamente já ouviu falar dessa sigla, mas sabe o que ela realmente significa? Ainda não? Então confira esse artigo e descubra por que o CRECI é tão importante para o corretor.

O que é o CRECI?

CRECI é a sigla de Conselho Regional de Corretores de Imóveis. É essa instituição que exerce na prática as funções de atuação e fiscalização do COFECI (Conselho Federal de Corretores de Imóveis), em todos os estados brasileiros. Ter um número no CRECI para atuar no mercado imobiliário é uma exigência regulamentada em lei federal, ou seja, apenas profissionais que possuem essa autorização podem efetuar legitimamente o registro de imóveis ou de terrenos. Sem essas certificações, a atividade é considerada ilegal e sujeita a penalidades.

Qual a importância do CRECI para o corretor?

Como dissemos, o CRECI é essencial para o corretor, pois, sem esse número, ele não pode registrar imóveis ou terrenos, o que limitaria completamente sua área de atuação. No entanto, isso não é tudo: o vendedor de propriedades, para ingressar com o pedido de credenciamento no Conselho, precisa se formar em um curso técnico em transações imobiliárias ou então se graduar em uma especialização superior equivalente, como Ciências Imobiliárias ou Gestão de Negócios Imobiliários (ou quaisquer outros autorizados e reconhecidos pelos Conselhos).

Essas graduações também exigem a realização de uma carga horária mínima em um estágio obrigatório, que ajuda a ganhar experiência na prática. Somente após essa diplomação é que o candidato a profissional pode entrar com a solicitação de um número no CRECI de seu estado, para, após cumprir os trâmites legais, ser considerado efetivamente um corretor de imóveis. Depois disso, ainda é possível buscar especializações no seu nicho favorito: mercado de alto luxo, lançamentos de empreendimentos imobiliários, venda de terrenos, entre outros.

Apenas os corretores credenciados em seu Conselho Regional podem realizar com segurança as transações imobiliárias. O atendimento à fiscalização e à defesa do consumidor, nestes casos, é muito eficaz e as penalidades podem variar em até 10 vezes a anuidade cobrada pelo CRECI para cada profissional que for descredenciado. Lembre-se: você estará influenciando os sonhos de muitas pessoas. Faça valer a pena!

Como o corretor pode solicitar o CRECI?

Após a conclusão do curso reconhecido pelo CRECI, o candidato precisa levar ao Conselho de seu estado os documentos pessoais juntos ao seu diploma. Além disso, deve levar também a certidão negativa civil e criminal, que pode ser expedida no fórum de seu município, além da certidão negativa junto à Justiça Federal. Depois, é só esperar o tempo necessário e pronto: você será um corretor de imóveis legalizado e apto a cumprir suas funções adequadamente.

E, então, entendeu por que o CRECI é tão importante para o corretor? Não perca mais tempo: se você quer trabalhar no setor, é hora de cumprir esses requisitos! Se ainda ficou com alguma dúvida, escreva para nós aqui nos comentários!

Receba tudo no seu email! Prometemos não enviar spam!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *