Manual prático para corretores para vender imóveis pela internet

Manual prático para corretores para vender imóveis pela internet

Seja para qual for o setor de atuação, a internet se tornou um dos meios de vendas mais eficientes que atualmente hoje no mercado. E isso não é diferente do que acontece no mercado imobiliário. Investir em modos de vender imóveis pela internet é essencial para quem deseja alcançar escala e sucesso nesse ramo.

Para que isso aconteça de modo a realmente impulsionar as vendas no mercado imobiliário, é preciso que algumas estratégias sejam traçadas e implementadas no ambiente on-line. Nelas não podem faltar alguns elementos, ferramentas e comportamentos muito importantes.

É, exatamente, o que constitui uma estratégia para vender imóveis pela internet que abordaremos neste manual prático. Aqui, você descobrirá exatamente o que precisa fazer para alavancar as vendas de imóveis utilizando só os canais oferecidos na web. Confira!

1. Tenha uma boa presença online

Manter uma boa presença online hoje passou a ser uma necessidade no mundo dos negócios, o que não é diferente para o mercado imobiliário. Se você tem o interesse de vender algo, precisa estar na web para ter sucesso e isso é um fato.

Recorrer aos mecanismos de busca para encontrar imóveis é uma excelente alternativa — como revelam os dados do próprio Google, que demonstram que a pesquisa pelo imóvel dos sonhos começa, aproximadamente, de 6 a 12 meses antes do fechamento do negócio.

Em resumo, você precisa estar acessível online durante esse período de pesquisas se não quiser perder espaço para a concorrência. Como fazer isso? É o que veremos nos próximos tópicos. Acompanhe!

Construa um site e blog

O primeiro passo é ter um site institucional com um blog agregado. É por meio dele que os compradores em potencial encontrarão você. É muito importante que as suas informações de contato, assim como, os imóveis que você tem disponíveis, estejam listados de modo claro e de fácil interação.

As fotos são as principais responsáveis por chamar atenção do público para um determinado imóvel, por isso, elas precisam ser de altíssima qualidade, além de mostrarem os detalhes que mais se destacam no bem à venda.

Além das fotos, é preciso que as descrições sejam bem completas, já que são elas servirão, inclusive, de fator para ranqueamento por meio das palavras-chave utilizadas.

Por falar em posicionamento nas buscas, os blogs são os grandes responsáveis por levar o seu nome para os primeiros resultados das pesquisas, mas, para que isso aconteça, é necessário que se façam publicações frequentes e com um conteúdo de qualidade.

Esteja presente nas principais redes sociais

As redes sociais também são vitrines para os imóveis que você deseja expor, mas não se limitam a isso. Elas também servem como um importante canal de relacionamento com o cliente, já que permitem interações em tempo real. Tudo isso sem contar com as possibilidades de segmentação.

Porém, é importante lembrar que mesmo que o corretor tenha muitos clientes em seus perfis pessoais, é importante que ele mantenha seus perfis profissionais atualizados, por exemplo, a fan page do Facebook. Isso demonstra mais profissionalismo.

Nas redes sociais, também é muito importante que jamais se deixe um cliente sem reposta, seja por interações feitas nos comentários de uma publicação, seja por mensagens privadas.

Tenha uma identidade visual bem definida

De nada adianta estar presente nas redes sociais, ter um site e um blog e o público não ser capaz de reconhecer que é você. Para que isso não aconteça, é necessário ter uma identidade visual bem definida e utilizada em todos os seus canais.

Desse modo, quando um cliente se deparar com uma publicação sua em qualquer que seja o canal, ele reconhecerá só de olhar.

Produza conteúdos relevantes e de qualidade

Quem está em busca de um novo imóvel também procura por assuntos relacionados a isso, como dicas de decoração, móveis planejados, planejamento financeiro para a compra de imóveis, investimento no mercado imobiliário — e esses são só alguns dos assuntos que podem ser abordados no blog de um corretor.

Para começar, são esses conteúdos que levam o seu blog para os primeiros lugares nas pesquisas dos principais mecanismos de busca. Além disso, se forem úteis ao cliente, certamente, farão com que ele consulte você antes de fechar qualquer negócio.

2. Conheça seu cliente

Existem diversos perfis de clientes em busca de imóveis que poderão servir a diversos propósitos distintos. Há o cliente investidor, que compra para alugar e gerar renda extra, há o jovem casal que acabou de juntar os trapinhos e está em busca do primeiro lar doce lar, há as grandes famílias, que exigem que suas necessidades individuais sejam atendidas.

Para que você consiga vender imóveis pela internet, é fundamental que esses perfis sejam reconhecidos para que haja condições de oferecer ao cliente o imóvel que ele espera e, além disso, tenha condições de trabalhar com segmentações de público de acordo com os produtos que tem a oferecer.

3. Entenda a jornada de compra

O funil de vendas no mercado imobiliário funciona como nos demais setores. O cliente passa pela fase do aprendizado e descoberta, depois vai para a fase da consideração, até chegar, de fato, ao momento da decisão.

Entender essas etapas ajuda o corretor a acompanhar a jornada de compra de cada cliente e a entender em que grau de maturidade ele se encontra a cada interação. Desse modo, o uso da metodologia permite ao corretor conduzir seus clientes aos próximos estágios da jornada, reduzindo as chances de perder negócios ao longo desse caminho.

Conheça, nos tópicos a seguir, quais são as principais etapas do funil de marketing e, consequentemente, da jornada de compra e como lidar com o cliente em cada uma delas.

Topo de funil de marketing

O topo do funil é onde estão todos os usuários de internet que chegam até o seu blog, site ou redes sociais. Nem todos fecharão negócio, porém, quanto mais pessoas forem atraídas, maiores serão as chances de venda.

Esses leads, como são chamadas as pessoas que entram no funil de marketing, ainda estão na fase de aprendizado e descoberta. Eles ainda não sabem muito bem o que precisam e o ideal é que descubram com a ajuda do seu conteúdo.

Meio de funil de marketing

Quando esses leads finalmente reconhecem que têm um problema e vão em busca de informações mais aprofundadas para começarem a considerar uma solução, eles passam para o meio do funil de marketing.

Geralmente, o que marca o início dessa etapa da jornada é o interesse do lead por algum material rico, em troca de algumas informações de contato deixadas em uma landing page exigidas antes de que ele tenha acesso ao conteúdo.

É o momento em que você tem a oportunidade de saber exatamente quem é esse lead e, ainda, ter acesso às suas informações de contato.

Fundo de funil de vendas

Quando ele toma a decisão de fechamento do negócio, é o momento que marca a sua passagem para o fundo do funil e é a hora em que, normalmente, ele sinaliza isso para você, demonstrando o interesse por algum imóvel específico, ou mesmo, fazendo algumas perguntas como, por exemplo, sobre as condições de pagamento.

É aqui que você partir para uma abordagem “cara a cara”, agendando visitas aos imóveis do interesse dele e apresentando boas propostas para o fechamento.

4. Torne-se uma autoridade no mercado imobiliário

Como já foi mencionado, quando seu blog oferece ao lead um conteúdo realmente útil para ele, as chances de ele fechar um negócio sem consultar você antes são mínimas. Isso acontece porque, aos olhos dele ― e possivelmente do mercado ― o seu material se tornou uma referência e você é uma autoridade sobre assuntos ligados ao mercado imobiliário.

E o que você ganha com isso? A resposta a essa pergunta se resume em uma palavra: credibilidade.

5. Utilize as ferramentas adequadas

Agora chegou o momento de abordarmos a parte mais prática de tudo isso. Nos próximos tópicos, você entenderá exatamente como colocar em ação as suas estratégias para vender imóveis pela internet. Acompanhe!

Produção de conteúdo

Já citamos algumas vezes a importância da produção de conteúdos, mas ainda não explicamos o que são especificamente e como eles podem ser feitos. Tratam-se de blog posts, vídeos, infográficos, e-books e qualquer outro formato que você possa criar para levar informações ao seu público.

Para produzi-los é necessário um certo planejamento, pois envolvem etapas como o mapeamento de conteúdo com a definição de temas e palavras-chave, a criação de pautas, a redação ― de textos ou de roteiros de vídeo ― a revisão e, no caso dos materiais ricos, a diagramação e a edição.

Como você pôde ver, trata-se de um processo longo e que envolve diversos profissionais qualificados para que sejam bem-feitos. Por isso, contar com a ajuda de uma agência especializada pode ser uma boa ideia, pelo menos no começo.

Automação de e-mail marketing

A automação de e-mail marketing é uma das principais ferramentas que ajudam você a conduzir o seu lead ao longo da sua jornada de compra. Por meio da configuração de gatilhos, é possível fazer com ele receba conteúdos relacionados ao interesse que ele demonstrou naquele momento, nos chamados fluxos de nutrição.

Esses fluxos levam a informação correta, para a pessoa certa, no momento em que ela está precisando exatamente do que você tem a oferecer. Fantástico, não?

Portais especializados no mercado imobiliário

Como se diz na linguagem utilizada na internet, os sites especializados em anúncios de imóveis estão “bombando”. E como é lá que as pessoas sabem que existem mais ofertas, é neles que elas vão buscar o imóvel dos sonhos, mesmo sem a ajuda de um corretor.

Se os produtos disponíveis estiverem anunciados nessas verdadeiras vitrines imobiliárias, há uma melhoria significativa das chances de algum cliente chegar até você já com um deles em mente.

Mesmo que não feche negócios com a propriedade escolhida, ele demonstrou interesse, e você já terá conseguindo boas referências para saber o que ele está buscando. Dessa forma, oferecer algo mais adequado as suas expectativas e necessidades se torna algo muito mais fácil.

Redes sociais

As redes sociais podem ser exploradas de diversas formas, além de aceitarem, praticamente qualquer tipo de conteúdo. Vídeos, imagens, textos, hiperlinks, stories e transmissões ao vivo são apenas alguns exemplos do que elas permitem publicar.

Outra grande vantagem delas é a possibilidade de formação de grupos de interesse comum, nos quais as pessoas interessadas na compra de imóveis esperam ansiosamente pela publicação algum corretor oferecendo a sua casa dos sonhos.

Anúncios segmentados

Por fim, temos os anúncios conhecidos como mídias pagas, que podem ser planejados em ferramentas como Google Ads, Facebook Ads e Instagram Ads. A grande vantagem desses anúncios é que, além de a cobrança ser realizada apenas em cima dos que foram acessados, eles permitem um nível de segmentação nunca imaginado antes.

Se você quisesse impactar uma única pessoa com o seu anúncio, saiba que seria possível. Ele oferecem segmentação por informações demográficas e psicográficas, pelo interesse que o lead demonstra durante a sua navegação, por horário, e até mesmo, por geolocalização.

No Google Ads é possível criar campanhas de links compartilhados, anúncios gráficos na rede de display do Google e, ainda, estar presente também no YouTube — o segundo maior site de pesquisa do mundo.

Já no caso das ferramentas do Facebook e do Instagram, você se torna capaz de divulgar as suas publicações por meio dos posts patrocinados. Sim, são aquelas propagandas que aparecem na sua timeline de vez em quando.

Vale destacar que as mídias pagas são ferramentas de impulsionamento, portanto, não precisam ser usadas o tempo todo. Afinal, depois que seus posts se tornarem mais conhecidos, o seu site e blog passarão a ser listados nas primeiras posições dos mecanismos de busca e já não precisarão mais tanto desse investimento.

Ao longo deste manual, você descobriu como as estratégias para vender imóvel pela internet podem ser eficientes — quando bem utilizadas. Viu também que contar com boas ferramentas e parceiros estratégicos é fundamental para o sucesso na implementação e manutenção desse canal de vendas.

Então, se você já entendeu que precisa começar a vender imóvel pela internet, entre em contato conosco agora mesmo e saiba como podemos ajudá-lo a dar os primeiros passos nessa nova jornada de sucesso!

Receba tudo no seu email! Prometemos não enviar spam!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *